Verde da parede ao telhado

Por que separar o ambiente natural e o artificial como coisas distintas?

Alguns arquitetos atuais vem inserindo as coberturas verdes em seus projetos de forma cada vez mais presente. Como o arquiteto Ken Yeang, que desenvolve até mesmo arranhas-céus verdes do chão ao topo.

Levar o verde vivo para nossos edifícios pode contribuir de forma extremamente positiva para a geração de cidades mais sustentáveis. A inclusão dos telhados verde e paredes verdes nas construções podem ter inúmeros benefícios:

  • Melhora o microclima urbano, sendo capaz de reduzir a temperatura do ar ao seu redor;
  • Melhora a qualidade do ar, tanto interno, como externo pela absorção de CO2 e outras moléculas em suspensão;
  • Melhora o conforto térmico no interior da edificação, reduzindo o consumo energético com climatização;
  • Reduz enchentes por retardar e absorver o fluxo da água da chuva;
  • Afeta o bem-estar psicológico das pessoas, por trazer um maior contato com a natureza;
  • Incrementar o ecossistema local, atraindo pássaros e pequenos animais;
  • Pode ser utilizado para cultivo de alimentos e temperos orgânicos.

As coberturas verdes podem ser feitas de forma plana, no caso dos terraços jardins, ou inclinadas no caso de telhados verdes. Sua sustentação se dá através de laje impermeabilizada ou estrutura de madeira com pranchas que dão suporte a uma lona de impermeabilização, cobertas pelo substrato de plantio. As coberturas podem ser feitas in loco, o que tem um custo reduzido, podendo sair no valor de um telhado com telhas de concreto. Mas também há muitos sistemas prontos no mercado, que, inclusive, têm a vantagem de serem menos profundos (apenas 8cm) e mais leves.

Reformou? vai trocar de telhado? Coloque um telhado verde e garanta muito mais conforto na sua casa, além de melhorar a qualidade de vida na sua cidade. Há sistemas prontos que podem ser colocados sobre seu telhado comum, vêm em placas prontas e custam no máximo R$ 120,00 por metro quadrado. Veja esta idéia da Ecotelhado:

Na Ecodhome, os projetos também são feitos com uso de coberturas verdes, o que faz parte das estratégias bioclimáticas que utilizamos:

Algumas dicas para ter um telhado verde:

  • Garanta que o local tenha insolação ou escolha espécies adequadas ao sol do local;
  • Escolha espécies locais (brasileiras), por ex: grama amendoim, azulzinha, falsa erica, bulbine;
  • Se a sua região for seca, opte por planta de pouca água, como as suculentas;
  • Armazene a água de chuva para irrigação (veja nossa opção de projeto de uso de água de chuva de baixo custo, aqui)

As paredes verdes são uma nova moda que vem sendo muito utilizada em interiores. A solução, além de belíssima, pode melhorar a qualidade do ar por absorver partículas e melhorar a ionização negativa, essencial para nosso bem estar.

Porém, em áreas externas, nas fachadas, elas podem trazer maiores benefícios, por melhorar a qualidade do ar e conforto interno. Veja este exemplo da empresa Ecotelhado, feito da sede do Sicredi em Pelotas:

Algumas plantas tem capacidade, inclusive de absorver compostos voláteis:

  • Dracenas,
  • Pleomeles,
  • Samambaias,
  • Jibóias,
  • Lírios da Paz

Algumas idéias importadas da itália:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s