Eco atitude do dia – dia 45

Sua cozinha é tóxica? Pode ser que sim, muitos produtos que usamos na cozinha podem contaminar os alimentos, em especial os plásticos.

O PVC e o policarbonato utilizado na cozinha na forma de utensílios e filmes plásticos podem estar contaminando o alimento com substâncias muito perigosas como Dioxina, Ftalatos e Bisfenol-A (BPA). Numa pesquisa feita nos EUA, o ftalato e a dioxina foram encontrado na corpo humano de quase 100% das pessoas analisadas, entre ela, crianças de 0 a 10 anos.

A Dioxina vem sendo seriamente pesquisada, pois é perigosíssima e considerada causadora de câncer e graves problemas nos sistemas endócrino e reprodutor, podendo ser passado de mãe para filhos. Para se ter uma idéia da magnitude dessa ameaça, foi considerado um grande desastre, quando uma explosão expeliu 1-4 quilos de dioxina no ar em Seveso, na Itália, em 1976. Estudos estão mostrando agora uma ampla gama de cânceres nos moradores da região. De acordo com o químico Pat Costner, “Os 12 quilos de dioxina produzida anualmente pela indústria de celulose e papel é suficiente para uma dose de vida para 500 milhões de pessoas.” (fonte)

Já o Bisfenol-A é outro químico perigoso, apontado como um dos grandes causadores de infertilidade hoje. O BPA também promove distúrbios de câncer e problemas hormonais. É encontrado em muitas embalagens plásticas de alimentos, mas principalmente no policarbonato de utensílios como: mamadeiras, liquidificador, copos, vasilhames…

O que fazer para ficar livre dos tóxicos na cozinha? A eco atitude de hoje é um conjunto de dicas:

– Não use filme plástico de PVC, prefira embalar alimentos em papel manteiga ou guardar em potes;

– Evite comprar utensílios e equipamentos de policarbonato, prefira, por exemplo, liquidificador com jarra de vidro;

– Ao comprar mamadeiras e outros utensílios para seu bebe procure a etiqueta “BPA Free”, que garante que o material não é tóxico.

Hoje esta opção já está se tornando comum no mercado. Veja reportagem aqui.