Exposição Morada Ecológica no MAM

O Museu de Arte Moderna de São Paulo inaugura no dia 19 de abril, a partir das 20h, com patrocínio da Duratex e da Elekeiroz, a exposição Morada ecológica, itinerância da Cité de l’Architecture & du Patrimoine, de Paris, com a curadoria de Dominique Gauzin-Muller. Na abertura, a curadora participará de uma mesa-redonda com o arquiteto Marcelo Aflalo na qual debatem os temas levantados pela exposição e pelo livro Arquitetura Ecológica (Editora Senac São Paulo), de autoria de Gauzin-Muller, que será lançado no evento, às 18h, no Auditório Lina Bo Bardi, do MAM-SP.

Morada ecológica aborda as principais inovações da arquitetura contemporânea ao redor do mundo e a forma como a sustentabilidade vem influenciando a maneira de pensar as construções e desenvolvimento urbano na atualidade. A exposição traz mais de 50 projetos pioneiros de arquitetos de várias partes do globo para refletir sobre como a necessidade de preservação das já escassas reservas naturais vem alterando a maneira de pensar a arquitetura e o desenvolvimento urbano no século 21.

Nomes internacionalmente conhecidos e precursores do movimento ecológico na habitação:
Wolfgang Ritsch (Áustria)
Precursores
Frank Loyd Wright (EUA)
Alvar Aalto (Finlândia)
Sverre Fehn (Noruega)
Pierre Lajus (França)
José Zanine (Brasil)
Glenn Murcutt (Austrália)
Paolo Soleri (EUA)
Hassan Fathy (Egito)
Balkrishna Doshi (Índia)

Outros nomes da prática atual:

Rural Studio

Elemental

Anna Heringer


Olavi Koponen

Martin Rauch

Anúncios